Monday, 28 September 2009

Seeker of Truth


© conceicão caixinha


seeker of truth

follow no path
all paths lead where

truth is here

e.e.cummings

4 comments:

  1. Muito bem! Parabéns... Aprende-se sobre E E Cummings, lê-se boa poesia e... apreciam-se imagens com óptimo um sentido de composição (esta - intrigante quanto baste)e bom gosto.
    Com o calor que faz só falta trazerem-me um bom refresco e ficarei aqui serenamente sentado.
    VT

    ReplyDelete
  2. Seeker of truth...
    Fantástica "deixa" para pensar!E que elemento escultórico,com a beleza do "mistério".
    MV

    ReplyDelete
  3. Olá São

    Obrigada por recordar E.E.Cummings, poeta conhecido por um estilo não muito usual: uma sintaxe atípica, onde as letras maiúsculas e a pontuação parecem não obedecer à regra.
    Consta que muitos dos seus poemas possuem, também, uma distribuição não convencional, aparentando pouco ou nenhum sentido, até serem lidos em voz alta.
    Gosto particularmente deste:

    Mergulha nos Sonhos

    mergulha nos sonhos
    ou um lema pode ser teu aluimento
    (as árvores são as suas raízes
    e o vento é o vento)

    confia no teu coração
    se os mares se incendeiam
    (e vive pelo amor
    embora as estrelas para trás andem)

    honra o passado
    mas acolhe o futuro
    (e esgota no bailado
    deste casamento a tua morte)

    não te importes com o mundo
    com quem faz a paz e a guerra
    (pois deus gosta de raparigas
    e do amanhã e da terra)

    E. E. Cummings, in "Livro de poemas"

    Bjs
    Fátima Clérigo

    ReplyDelete
  4. Queridos amigos,
    Aceitem os meus agradecimentos pelos vossos interessantes comentários! Devo talvez ainda acrescentar que a misteriosa figura é uma peça de Toni Benetton (Itália 1910-1996)intitulada "La Donna che cammina". Executada em ferro, é um exemplo do seu periodo figurativo (1951) de escultura em forma de silhueta. Pertence á colecção do Museu de Escultura Beelden aan Zee, em Scheveningen, mas está presentemente em exposição nos Jardins do Palácio de Soestdijk. Pareceu-me, como concordaram, que fazia um conjunto feliz com o poema! A Fátima adicionou uma nota bastante importante em relação ao estilo poetico de Cummings, e um poema do qual também gostei muito...não vamos ficar por aqui no que diz respeito a este poeta!

    Bjs cx

    ReplyDelete